COMO A SAÚDE ORAL SE REFLETE NA SUA SAÚDE EM GERAL

A boca é a porta de entrada para o corpo. Problemas gengivais, especificamente inflamações à volta da linha gengival, podem aumentar o risco de sérios problemas de saúde em geral.

SABIA QUE...?  
A OMS estima que as doenças orais afetam quase 3,5 mil milhões de pessoas pelo mundo. Ao aplicar os cuidados de saúde oral adequados, pode ajudar a baixar essa estatística.  
A acumulação de placa pode causar cáries, problemas nas gengivas, ou o alastrar além da boca
A acumulação de placa à volta da linha gengival permite que as bactérias bucais, incluindo a Porphyromonas gingivalis, se desenvolvam
Estas bactérias criam toxinas que podem levar a inflamações e a que se espalhem pelo corpo

UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL COMEÇA NA LINHA GENGIVAL

A placa bacteriana pode levar a sérios problemas gengivais que têm sido associados a uma variedade de outros problemas de saúde. Na realidade, a periodontite é a infeção gengival onde a ciência encontra a ligação mais forte entre a saúde oral e uma variedade de problemas de saúde.

SAÚDE ORAL E DIABETES 

Indivíduos que vivam com diabetes estão frequentemente habituados a gerir vários problemas de saúde. Com um foco constante nos níveis de glucose no sangue, pode não ser assim tão surpreendente que uma boa higiene oral seja de extrema importância para todos os diabéticos.  

Os especialistas descobriram que uma relação bilateral interessante entre diabéticos e a periodontite.  

SAÚDE ORAL E SAÚDE DO CORAÇÃO 

Indivíduos com doenças gengivais correm mais risco de desenvolver doença cardiovascular. 

Saiba como a placa nos dentes pode estar associada a placa nas artérias.  

SAÚDE ORAL E GRAVIDEZ 

Durante a gravidez, as mulheres concentram-se naturalmente mais na sua saúde e na saúde do bebé. Dos enjoos matinais, a tomar vitaminas e a rever a própria dieta, há muitas coisas a considerar. 

Uma coisa que poderá não estar no topo da lista de considerações é a saúde oral. Saiba como a gravidez pode tornar a boca mais suscetível a problemas gengivais.

SAÚDE ORAL E SAÚDE DO CÉREBRO

A doença de Alzheimer e a demência afetam mais de 35,6 milhões de pessoas no mundo, com a previsão de o número duplicar a cada 20 anos para atingir mais de 115 milhões de pessoas até 2050.

Contudo, pode ficar surpreendido por saber que pode existir uma ligação entre a saúde oral, sobretudo doenças gengivais, e a perda no cérebro de capacidade cognitiva.

ESCOVAR COM FLUORETO DE ESTANHO:

Pasta de dentes com fluoreto de estanho ajuda a proteger contra a placa bacteriana.

MUDE PARA A ELÉTRICA:

Remova 100% mais placa do que uma escova de dentes manual regular para uma limpeza superior.

BOCHECHAR PARA REFORÇAR:

Enxaguamentos bucais que contenham cloreto de cetilpiridínio (CPC) formulado a 0,07% ajudam a reduzir a placa.

Proteja a sua saúde oral com um regime holístico de higiene oral para uma boca e corpo felizes e saudáveis:

USAR FIO DENTÁRIO:

A placa esconde-se entre dentes onde a simples escovagem não chega; junte o fio dentário tradicional a um irrigador para ajudar a reduzir a acumulação de placa nos espaços apertados.

NÃO DESCURE AS VISITAS AO DENTISTA:

Visite o seu dentista para avaliações regulares e limpezas profissionais.