Porquê utilizar as escovas de dentes elétricas Oral-B

Escova de dentes elétrica ou escova de dentes manual?

PARTILHAR:

Escova de dentes elétrica vs. escova de dentes manual

Já te perguntaste se aquela escova de dentes elétrica de alta tecnologia em exibição no consultório do teu dentista é realmente melhor do que as escovas manuais? E uma escova de dentes elétrica que use pilhas AA? Qual a diferença entre todas elas?

Além de coisas como a técnica de escovagem, a frequência com que se escova os dentes e a duração da escovagem, os peritos acreditam que o tipo de escova que se utiliza irá afetar diretamente a remoção da placa.1 Para decidir que tipo de escova de dentes elétrica é melhor para ti, é útil compreender exatamente que tipos estão disponíveis e como diferem uns dos outros.

Conhecer os três tipos de escovas de dentes elétricas

Os três tipos de escovas de dentes elétricas no mercado são a elétrica recarregável (incluindo sónica), manual normal e com pilhas.

  • Escova de dentes elétrica recarregável: Uma escova de dentes elétrica recarregável é o tipo que se liga à tomada para recarregar, mantendo o cabo e substituindo o cabeçal a cada três meses. As escovas de dentes elétricas recarregáveis diferem entre o tipo de tecnologia de limpeza que usam, tal como, oscilação-rotação (ação de limpeza 3D) ou tecnologia sónica.

  • Escova de dentes manual normal: Por outro lado, as escovas de dentes manuais normais são escovas básicas, às quais provavelmente estás habituado, com um cabo de plástico e várias cerdas de nylon no cabeçal. Este é o tipo de escova de dentes mais comum e não requer uma fonte de alimentação.

  • Escova de dentes elétrica a pilhas: Quem quer uma dose de potência, mas tem receio das escovas de dentes elétricas, poderá gostar das escovas de dentes elétricas a pilhas. Tal como as escovas de dentes elétricas recarregáveis, as escovas de dentes a pilhas são simplesmente designadas como “escovas de dentes elétricas” devido ao uso de pilhas AA. Embora o design seja semelhante às escovas de dentes manuais, as escovas de dentes elétricas a pilhas proporcionam uma vibração suficiente para uma ação de limpeza extra.

Avaliar a tecnologia e as funcionalidades:

Escova de dentes elétrica recarregável: As escovas de dentes elétricas incluem geralmente muitas funcionalidades tecnológicas que proporcionam diversos benefícios de saúde oral. Alguns podem permitir-te melhorar os teus hábitos de escovagem. As funcionalidades de alta tecnologia incluem:

  • Vários modos de escovagem especializados para dentes sensíveis, benefícios de branqueamento ou ação de massagem das gengivas

  • Sensores de pressão que assinalam quando estás a escovar com demasiada força

  • Temporizadores para saber durante quanto tempo escovas cada quadrante da boca

  • Lembretes digitais para substituir o cabeçal

  • Tecnologia de oscilação-rotação ou sónica

  • Compatibilidade com vários cabeçais para que possas escolher que tipo de cerdas preferes

A maior parte das escovas de dentes elétricas também inclui funcionalidades para uma maior conveniência, como um suporte para os cabeçais ou para a escova, unidades de armazenamento para a bancada da casa de banho e carregadores de viagem.

Escova de dentes manual normal: Embora as escovas de dentes normais não proporcionem os benefícios e funcionalidades das escovas de dentes elétricas recarregáveis, a tecnologia dos cabeçais, cerdas e cabo pode ser bastante avançada. Por exemplo:

  • Cerdas CrissCross, extra longas ou com vários níveis

  • Pontas das cerdas polidas ou arredondadas

  • Cerdas com textura

  • Design das cerdas tipo taça para benefícios de branqueamento

  • Cabos ergonomicamente desenhados com estrias especiais

  • Cabeçal cónico ou angular

  • Estimuladores de gengiva

  • Superfície para limpeza da língua

Escova de dentes elétrica a pilhas: Embora com funcionalidades semelhantes às escovas de dentes manuais normais, este tipo de escovas também vibra para proporcionar uma ação de limpeza adicional ao lavar os dentes. Além das funcionalidades das escovas de dentes manuais também inclui:

  • Pilhas AA incorporadas que podem ser substituídas em alguns modelos

  • Botão “On/Off” (Ligar/Desligar) ou “+/-” localizado no cabo

  • Cabeçais com cerdas ou escova dividida especialmente desenhados para pulsar além de vibrar

Modificar a técnica de escovagem

A técnica de escovagem adequada varia consoante a utilização de diferentes tipos de escovas de dentes. Tanto as escovas de dentes manuais como as escovas de dentes elétricas a pilhas requerem que o utilizador realize a maior parte da ação de escovagem, movendo a escova para trás e para a frente ao longo dos dentes e das gengivas. Por outro lado, as escovas de dentes elétricas recarregáveis proporcionam a ação de limpeza enquanto o utilizador apenas tem de orientar a escova ao longo de todas as superfícies. Quando se habituam, muitas pessoas acham que este método de escovagem é muito mais fácil.

Compreender o valor da escova de dentes elétrica

As escovas de dentes elétricas recarregáveis tendem a ter um preço mais elevado do que as escovas de dentes elétricas a pilhas e as escovas de dentes manuais normais, mas pode encontrar algumas por cerca de 20 € MSRP. Lembra-te que estas escovas proporcionam mais benefícios para a saúde e mais funcionalidades. As escovas de dentes manuais são as mais baratas e são muitas vezes vendidas em pacotes com várias unidades, além de em separado. As escovas de dentes elétricas a pilhas custam normalmente mais um pouco do que as escovas de dentes manuais.

Experimentar uma escova de dentes elétrica

É compreensível que queiras testar uma escova de dentes elétrica recarregável antes de comprar uma pela primeira vez. Embora o teu médico dentista seja a melhor pessoa a quem pedir uma recomendação, poderás ponderar algumas opções menos dispendiosas, como as escovas elétricas a pilhas. São ideais para pessoas que têm curiosidade de experimentar as escovas de dentes elétricas, mas primeiro querem ver do que se trata.

Recursos

1 Egelberg J and Claffey N. In: Proceedings of the European Workshop on Mechanical Plaque Control. Quintessence Books. 1998; 169 - 172