CRIANÇAS

Dentes de leite nos bebés - Sintomas e cuidados a ter durante a dentição

PARTILHAR:

Estão a nascer os primeiros dentes de leite ao seu filho? Talvez ainda esteja à espera do grande dia e queira apenas saber formas de cuidar dos dentes do seu filho quando chegar à idade do desmame.

Os dentes de leite desempenham um papel importante na forma como as crianças aprendem a mastigar, sorrir e falar. A introdução de cuidados regulares de saúde oral pode gerar benefícios ao longo da vida, desde o momento em que os dentes de leite nascem até à idade adulta.

Com que idade nascem os dentes dos bebés? E quando chegará a "fada dos dentes" para ir buscar os dentes de leite que dão lugar aos dentes permanentes? Continue a ler o nosso guia sobre cuidados com os dentes de leiteque lhe dará dicas sobre como acalmar os sintomas da dentição e o que esperar quando os dentes de leite chegam.

Quando é que os dentes de leite começam a nascer?

Os dentes de leite começam a nascer entre os entre oito e os doze meses de idade. Os primeiros dentes de leite a "nascer" são os incisivos centrais - os dentes da frente. Os incisivos costumam cair entre os seis e os oito anos de idade.

Pouco depois começam a nascer os caninos (16-22 meses) e depois os molares (25-33 meses), que já permitem ao bebé comer uma série de alimentos variados. Os caninos e os molares caem por volta da mesma idade, entre os nove e os doze anos de idade.

É possível que o bebé chore mais ou fique mais rabugento quando começam a nascer os dentes. Isso é um sinal normal da dentição e ocorre devido ao nascimento dos dentes de leite, que fazem com que as gengivas fiquem doridas e sensíveis.

Outros sintomas de dentição

1. Sialorreia

Poderá reparar que o bebé se baba mais do que o habitual quando os dentes começam a nascer. Este é um sintoma normal da dentição e é apenas um sinal de que as glândulas salivares estão a trabalhar mais do que o habitual.

2. Morder as mãos

O nascimento dos dentes pode ser doloroso para o bebé, levando-o a morder os dedos ou as mãos como distração.

3. O bebé não consegue dormir

A dificuldade em dormir pode, muitas vezes, ser o resultado da dentição nos bebés, o que é normal e não deve durar mais do que alguns dias; contudo, se a situação persistir, fale com o seu pediatra.

Escovagem dos dentes e dentes de leite

O nascimento dos dentes é também um sinal de que deve começar a escovar os dentes do bebé. As cáries podem começar a aparecer assim que os dentes nascem. Para garantir a segurança do bebé, a escovagem deve ser feita pelos pais ou por um adulto responsável até aos 24 meses. Depois disso, a criança pode "ajudar" a guiar a escova. Contudo, recomenda-se vivamente que um adulto ajude a escovar os dentes da criançaaté aos 7 anos de idade.

Na verdade, é entre os 6 e os 7 anos de idade que a criança começa a perder os dentes de leite, que são gradualmente substituídos pelos dentes permanentes. Este processo continua normalmente até aos 10-12 anos de idade, quando os segundos molares "nascem" e todos os dentes de leite da criança já caíram.

Sintomas que não são sinais de dentição

Embora a dor, irritação e sensibilidade sejam normais, seguem-se alguns sintomas de dentição relacionados que podem levar à necessidade de tratamento por parte do pediatra.

1. Febre

Se o bebé tiver febre, não é um sintoma direto de dentição. Fale com o seu médico se o bebé tiver uma temperatura superior a 37,5 ºC.

2. Diarreia

As fezes líquidas e a diarreia não são um sintoma direto de dentição. Estas situações podem causar desidratação se não forem tratadas, por isso mantenha-se atento às fezes do bebé e fale com o pediatra se a situação não melhorar.

3. Falta de apetite

Se o bebé parecer irritável ou não quiser comer à refeição, pode significar que está com falta de apetite. Isto é algo que pode acontecer durante a dentição quando um dente de leite "nasce", mas não deve durar mais do que cinco dias - a menos que haja outro dente a caminho! Caso contrário, deve falar com o pediatra.

Como acalmar as dores causadas pela dentição

Se o bebé estiver irritável, visivelmente desconfortável ou em sofrimento durante a fase de dentição, experimente estas dicas para o acalmar.

1. Massajar as gengivas do bebé

Um dedo limpo é uma chupeta natural para o bebé. Lave bem as mãos e massaje as gengivas do bebé com o dedo, usando movimentos lentos e circulares. Esta sensação de massagem pode ajudar a acalmar as dores do bebé.

2. Brinquedos de morder ou anéis de dentição

Escolha um brinquedo de borracha, não líquido ou com interior de gel e coloque-o no frigorífico para ficar frio. Depois pode dar o brinquedo ao bebé sempre que surgirem sintomas de dentição (não se esqueça de manter o brinquedo limpo).

3. Uma colher de chá gelada

Se não tiver um brinquedo de morder, uma colher de chá gelada é um remédio caseiro que pode ajudar a lidar com os sintomas de dentição com a mesma facilidade. Assim que a colher de chá estiver bem gelada, esfregue o metal com cuidado contra as gengivas do bebé. A sensação de frio ajuda a aliviar a dor.

4. Limpar a baba regularmente

Os bebés babam-se com mais frequência durante a dentição, o que pode dar origem a erupções faciais se a saliva não for limpa regularmente. Mude o babete mais vezes e limpe a baba da cara do bebé para que esteja sempre limpo e seco.

Quando é que o bebé deve ir ao dentista

O bebé deve ir ao dentista antes do primeiro ano de vida. Contudo, o bebé pode ir ao dentista logo que o primeiro dente aparecer ou quando os sintomas de dentição começarem. Isto não só garante uma boca saudável e bons hábitos de higiene, como também poderá ser útil para que os pais recebam conselhos sobre como cuidar dos dentes do bebé.

Para se preparar para a primeira consulta no dentista do seu filho, fale com a criança sobre o que vai acontecer e diga-lhe que será uma experiência positiva. Pode ler livros ou ver vídeos infantis sobre os dentistas. Ajude a criança a praticar abrir bem a boca para o dentista. Na primeira consulta, provavelmente deverá sentar-se na cadeira do dentista com o seu filho ao colo. O dentista irá examinar os dentes de leite e o maxilar da criança, verificar se há cáries nos dentes do bebé e depois limpar os dentes.

Hiperligações de origem:

https://www.mouthhealthy.org/en/az-topics/t/teething

https://www.healthline.com/health/teething

https://newsnetwork.mayoclinic.org/discussion/home-remedies-tips-for-treating-teething-babies/