MAU HÁLITO

Cáseos amigdalianos - Sintomas, causas e remoção

PARTILHAR:

CÁSEOS AMIGDALIANOS: CAUSAS, SINTOMAS E TRATAMENTO 

  • O QUE SÃO CÁSEOS AMIGDALIANOS? 

  • AS CAUSAS DOS CÁSEOS AMIGDALIANOS 

  • SINTOMAS DOS CÁSEOS AMIGDALIANOS 

  • TRATAMENTO E REMOÇÃO DOS CÁSEOS AMIGDALIANOS 

  • PREVENIR O SURGIMENTO DOS CÁSEOS AMIGDALIANOS 

Pode ter cáseos amigdalianos e nem sequer saber. Nem sempre são fáceis de ver, uma vez que podem ser tão pequenas como um grão de arroz. Embora, a maioria dos casos de cáseos amigdalianos não resulte em maiores complicações de saúde, algumas podem produzir um odor desagradável ou crescer bastante e causar o inchaço das suas amígdalas. 

Saiba mais sobre as causas dos cáseos amigdalianos, como evitá-los e quando a sua remoção pode ser necessária. 

O que são Cáseos amigdalianos? 

Os cáseos amigdalianos ocorrem quando os resíduos ficam presos nas fendas e aberturas das estruturas glandulares da parte de trás da garganta. A calcificação, um processo que transforma os detritos em depósitos brancos ou amarelos duros, cria os "cáseos" que podem ser desconfortáveis para alguns.

O que causa os Cáseos amigdalianos? 

As amígdalas têm uma função principal: ajudar a impedir a propagação de bactérias da boca para a garganta. No entanto, nem sempre fazem o seu trabalho muito bem. À medida que muco, detritos e alimentos inundam os diferentes recantos das amígdalas, começa a formar-se uma acumulação. À medida que a acumulação endurece, transforma-se num cáseo amigdaliano. 

As causas dos cáseos amigdalianos incluem: 

  • Amígdalas cronicamente inflamadas, uma condição conhecida como amigdalite 

  • Amígdalas grandes que permitem mais acumulação dentro dos seus bolsos 

  • Problemas sinusais que aumentam o muco e levam à acumulação 

  • Higiene oral deficiente que permite a interação contínua das bactérias com as amígdalas 

Com uma boa higiene oral pode remover melhor mais detritos alimentares e bactérias da placa bacteriana das superfícies dos seus dentes, gengivas e língua. 

Quais são os Sintomas dos Cáseos Amigdalianos? 

Os cáseos amigdalianos podem variar em termos de tamanho. Na verdade, algumas pessoas podem nem sequer se aperceber que os têm. Nos casos em que os cáseos amigdalianos são grandes em tamanho, os sintomas podem incluir: 

  • Glândulas de amígdalas inchadas ou aumentadas

  • Dor ao engolir

  • Garganta inflamada

  • Mau hálito devido à acumulação de bactérias

  • Tosse persistente

  • Resíduos brancos ou amarelos na parte de trás da garganta

  • Dor de ouvidos 

Se tiver algum dos sintomas acima referidos, consulte imediatamente o seu profissional de saúde para um diagnóstico e tratamento adequados 

Remoção dos cáseos amigdalianos e Tratamentos 

Os cáseos amigdalianos são geralmente inofensivos e desaparecem por si próprios, contudo, quando os sintomas são mais graves, pode ser necessário um curso de tratamento. Existem alguns remédios caseiros que o seu médico pode recomendar quando se trata de aliviar os sintomas dos cáseos amigdalianos, entre os quais:

- Gargarejar com água salgada

- Tossir para soltar os cáseos amigdalianos

Não é recomendada a remoção dos cáseos amigdalianos em casa, pode correr o risco de danificar as glândulas das amígdalas e agravar o seu estado. Os procedimentos médicos para a remoção de cáseos amigdalianos incluem:

  • Antibióticos: As bactérias orais contribuem para o crescimento de cáseos amigdalianos e podem mesmo levar a infeções. O seu profissional médico pode prescrever antibióticos para ajudar a limitar este desenvolvimento bacteriano.

  • Criptólise amigdaliana a laser: Um procedimento médico minimamente invasivo que encolhe ou remove os recantos ou bolsos encontrados dentro das amígdalas para minimizar a oportunidade de acumulação.

  • Criptolíse de coblação: Uma alternativa à cirurgia a laser, este procedimento não requer calor para minimizar os recantos das amígdalas.

  • Amigdalectomia: A remoção das amígdalas é recomendada para pacientes com amígdalas grandes, cáseos amigdalianos crónicos e inflamação crónica das amígdalas.

Como prevenir melhor o surgimento dos cáseos amigdalianos

Dado que os cáseos amigdalianos são formações de detritos e acumulação de bactérias, pode remover melhor as bactérias da placa e a acumulação seguindo uma rotina completa de higiene oral.

  • Escova os dentes duas vezes por dia ou após as refeições: Utilize uma pasta de dentes antibacteriana para melhor neutralizar a placa bacteriana e limitar a propagação das bactérias orais para a garganta.

  • Use fio dentário, pelo menos, uma vez por dia: Os alimentos e a placa bacteriana ficam presos entre os dentes ao longo do dia, a utilização do fio dentário ajuda a remover esses detritos de áreas de difícil acesso.

  • Limpe regularmente a língua: As bactérias da placa podem esconder-se em qualquer parte da boca, especialmente na superfície da língua. Pense em mudar para uma escova de dentes elétrica equipada com um modo de limpeza da língua.

  • Lave e gargareje com água salgada ou um elixir bucal sem álcool de manhã, à noite, e após as refeições para neutralizar o mau hálito.

  • Consulte o seu profissional dentário, pelo menos, duas vezes por ano para limpezas e check-ups.

Para além de uma rotina de cuidados bucais minuciosa, é importante beber muita água a fim de ajudar a prevenir os cáseos amigdalianos. A hidratação ajuda a limitar a acumulação e a manter a produção de saliva para uma boca saudável. Se os seus cáseos amigdalianos continuam a ser um problema e provocam dor, consulte imediatamente o seu profissional médico para efetuar um tratamento.

Fontes: