CÁRIES DENTÁRIAS

Existe cura para as cáries dentárias?

PARTILHAR:

Ano após ano, a cárie dentária é uma das doenças mais comuns que as pessoas enfrentam. Na realidade, as cáries dentárias, também conhecidas como cavidades, afetam bocas em todo o mundo. As cáries acontecem quando a placa, a substância pegajosa que se forma nos dentes, combina com os açúcares da comida que ingerimos. Esta combinação produz ácidos que podem danificar e enfraquecer o esmalte dos dentes. Apesar de a única cura para as cáries dentárias ser o tratamento dentário profissional, há medidas que pode tomar para preveni-las. Vamos então analisar as cáries dentárias de forma mais detalhada.

O que são cáries dentárias?

A comida e as bactérias podem causar cáries dentárias. A formação de placa acontece constantemente na boca. Esta substância pegajosa forma-se nas gengivas e nos dentes e contém bactérias que se alimentam dos açúcares dos alimentos que ingerimos. Quando as bactérias se alimentam, criam um ácido. E esse ácido pode atacar os seus dentes muito depois de ter comido e a longo prazo pode começar a destruir o esmalte dos dentes. Se não forem tratadas, as cáries destroem totalmente os dentes e todas as suas camadas.

Poderá sentir dor ou sensibilidade, até a cárie penetrar o esmalte do dente e a camada de dentina, que fica irritada com alimentos e bebidas frios ou quentes.

Há mais fatores e comportamentos que o podem tornar mais suscetível de ter cáries.

O principal fator pode ser o facto de não escovar os dentes regularmente. Escove os dentes no mínimo duas vezes ao dia com uma pasta de dentes com fluoreto e use o fio dentário regularmente. Marque consultas regulares no dentista para limpezas e check-ups, para controlar os dentes e antecipar as cáries. Outro fator importante é o tipo de alimentos que ingere. Se comer alimentos com elevado teor de açúcar, estará a oferecer mais alimento às bactérias existentes na boca. Já deve ter ouvido isto, mas tente evitar guloseimas, refrigerantes, sumos e bolachas. Limite o número de snacks que consome entre as refeições, porque o consumo acrescido de alimentos com açúcar pode aumentar o risco de cárie dentária.

Outros fatores podem ser a síndrome seca e não ter saliva suficiente na boca. A saliva atua como uma proteção natural dos seus dentes, limpando os alimentos e os açúcares prejudiciais dos dentes. A utilização de uma pasta de dentes com fluoreto nos seus cuidados orais pode tornar os dentes mais resistentes aos ácidos. Além da pasta dentífrica, há vários elixires orais que também têm fluoreto.

Como é que aparecem as cavidades?

Se consumir muitas vezes alimentos e bebidas com açúcar, pode aparecer uma cavidade, se o dente estiver frequentemente exposto a ácido. Ao longo do tempo, os ácidos que atacam os dentes de forma contínua causam a dissolução do conteúdo mineral do esmalte dos dentes. As manchas brancas reversíveis nos dentes significam que há perda de minerais e esse é um sinal iminente de cáries.

Como evitar que as cáries dentárias se agravem

Apesar de não haver cura, pode tentar evitar a sua formação com um bom regime de cuidados orais.  Isto inclui a compra de uma escova de dentes elétrica Oral-B, para uma melhor remoção da placa e ajudar a prevenir a formação de cavidades, em primeiro lugar.  Também é importante saber que o esmalte tem capacidade de autorregeneração, através dos minerais existentes na saliva e este processo pode ser grandemente facilitado por fontes de fluoreto, como a pasta dentífrica. Para mais informações, visite este tutorial sobre cáries dentárias ou para conhecer outras formas de combater as cáries dentárias, leia este artigo sobre a prevenção de cavidades.

Como tratar as cáries dentárias?

Apesar de na realidade não haver uma cura para a cárie dentária, existem opções de tratamento. Embora tudo dependa da gravidade da cavidade, o dentista poderá ter de recorrer à broca para retirar a parte do dente com cárie e realizar uma obturação para a substituir. Se o dente estiver em mau estado, o dentista poderá ter de remover a estrutura do dente com danos extensivos e substituí-la por uma coroa, encaixada na parte restante do dente. Se os danos forem tão graves que os nervos de um dente estão mortos, poderá ser necessário um tratamento do canal radicular. Isto implica a remoção dos nervos e tecido ao longo do dente com cárie e a colocação de uma coroa.

Evite as cáries dentárias e continue a sorrir!