PORQUÊ O FIO DENTÁRIO DA ORAL-B?

Irrigador oral vs. fio dentário

PARTILHAR:

Componente essencial da rotina de cuidados orais

Para manter uma boa saúde oral, recomenda-se que uses o fio dentário pelo menos uma vez ao dia, além de escovar os dentes duas vezes ao dia. O fio dentário remove os resíduos de alimentos, a placa e as bactérias em zonas de difícil acesso entre os dentes e as gengivas, às quais a escova de dentes não consegue chegar. Se não usares o fio dentário todos os dias, as bactérias calcificam, transformam-se tártaro e causam problemas nas gengivas.

Irrigador oral vs. fio dentário

O fio dentário envolve a passagem de um fio de nylon ou teflon entre os dentes em forma de um C, para remover a placa bacteriana. Um irrigador oral funciona através de um jato de água fino sobre pressão, entre os dentes. Algumas pessoas consideram que o irrigador é mais fácil de usar do que um fio dentário tradicional. Requer muito menos esforço e técnica.

Antes de escolher entre um irrigador oral e o fio dentário, deves ter em mente o seguinte:

  • Facilidade de utilização: O fio dentário é relativamente fácil de usar, mas requer muita técnica. Muitas pessoas consideram o irrigador oral mais conveniente e um ótimo complemento da sua rotina de cuidados orais.

  • Eletricidade: A maior parte dos irrigadores orais são elétricos, pelo que terão de ser ligados a uma tomada na casa de banho.

  • Personalização - Embora existam muitos tipos diferentes de fio dentário, todos eles envolvem a passagem de um fio de nylon entre os dentes. Não há muitas formas de resolver problemas como as gengivas sensíveis. Um irrigador oral com várias definições de pressão, sobretudo uma definição de modo sensível, é o ideal, se a sensibilidade das gengivas for um problema.

O que é melhor?

Não se recomenda substituir o fio dentário convencional pelo irrigador oral. Apesar de os irrigadores orais serem excelentes para remover os resíduos de alimentos e limpar a placa através de um jato de água entre os dentes, não conseguem replicar o movimento de raspagem do fio dentário, que remove a placa que causa tártaro e que eventualmente poderá causar gengivite. A melhor opção é usar o fio dentário tradicional e o irrigador oral para uma higiene oral perfeita.

Todavia, há alguns casos em que um irrigador oral pode ser uma melhor opção do que a limpeza com o fio dentário:

  • Gengivas sensíveis - Os irrigadores orais podem ser uma opção menos dolorosa para as pessoas com gengivas sensíveis.

  • Aparelhos- A água sob pressão de um irrigador oral é uma das melhores formas de retirar os resíduos de alimentos do aparelho, sem ter de passar o tradicional fio dentário entre os dentes.

  • Problemas de agilidade - Um irrigador oral pode ser muito útil para as pessoas com artrite ou aparelhos, em que a utilização do fio dentário pode revelar-se difícil.

Nestes casos em que não é possível usar o fio dentário, o irrigador oral é excelente em combinação com a limpeza com fio dentário.