Deseja definir uma rotina de escovagem de dentes saudável?

PARTILHAR:

Pondere a frequência das escovagens, consumo de água, energia e reciclagem

As marcas Oral-B e Crest, da Procter & Gamble (P&G), realizaram um inquérito com quase 3000 pessoas nos EUA e na Europa Ocidental para melhor compreenderem os hábitos de higiene oral atuais. Os dados resultaram em várias dicas que podem ajudar a melhorar a respetiva saúde pessoal e reduzir o impacto ambiental da rotina de higiene oral.

1. Escove duas vezes por dia: A Organização Mundial de Saúde recomenda escovar os dentes duas vezes por dia com pasta de dentes com flúor durante dois minutos para ajudar a reduzir a placa bacteriana e a criação de tártaro, cavidades e problemas gengivais. As pessoas questionadas que saltam escovagens afirmam que isso se deve a adormecerem (27%), estarem demasiado cansadas (24%) ou por preguiça (23%).

2. Feche a torneira: Além das vantagens na saúde pessoal, escolhas simples que as pessoas fazem durante a respetiva rotina de higiene oral podem reduzir a respetiva pegada ambiental. Quase 1 em 4 (24%) inquiridos admitem deixar a torneira a correr enquanto escovam os dentes, e mais de 1 em 2 (60%) subestimam a quantidade de água desperdiçada a cada minuto que a torneira está aberta. Fechar a torneira pode poupar até 30 litros de água por dia. Melhor ainda, as pessoas podem consumir menos energia optando por água fria.

3. Desligue o carregador: Quase metade dos inquiridos (47%), que utilizam uma escova de dentes elétrica afirmam deixar sempre ou algumas vezes o carregador ligado à corrente e 31% mantêm a escova no carregador a tempo inteiro. A maioria dos dispositivos continuam a consumir eletricidade desde que estejam ligados à corrente. Por isso, lembre-se de desligar o carregador base quando não está a carregar a sua escova de dentes elétrica.

4. Verificar o potencial de reciclagem: Os itens de higiene pessoal podem ser recicláveis e as pessoas podem consultar os rótulos das embalagens e dos produtos para terem a certeza. No entanto, 19% das pessoas inquiridas admitem raramente ou nunca reciclar produtos ou embalagens de casa de banho. As razões? Quase um terço (30%) nunca pensou fazê-lo, 22% não têm ideia de como reciclar os produtos e 19% afirmam não ter o suficiente para reciclar. Todas as ações marcam a diferença e os hábitos individuais combinados ajudam a reduzir o desperdício em aterros.

A Oral-B e a Crest estão a trabalhar para educar e permitir que 2 mil milhões de pessoas adotem hábitos de higiene oral saudáveis até 2030, reduzindo a respetiva pegada digital ambiental e permitindo um consumo responsável ao longo do percurso. O esforço faz parte da estratégia "Healthy Smiles. Healthy Lives. Healthy Planet." que procura desenvolver hábitos de higiene oral saudáveis para transformar a saúde das pessoas enquanto reduz o impacto no planeta. As marcas vão focar-se na educação e defesa; possibilitar o acesso a produtos e serviços odontológicos; e na inovação que torna prazerosa a adoção de hábitos saudáveis.

Os dados foram extraídos de um inquérito online em curso de 7 a 15 de outubro de 2020, com 2905 inquiridos da população geral (1093 dos EUA, 647 de França, 465 do Reino Unido, 353 da Alemanha e 347 de Itália). Os resultados foram avaliados por país, idade e género.